fbpx

Imunidade – Saiba como melhorá-la.

Nosso sistema imunológico é nossa frente de defesa, é ele que garante a qualidade da nossa saúde! A boa notícia é que nosso estilo de vida pode e muito melhorá-lo! Fatores diversos como estresse, falta de sono, rotina bagunçada, alimentação desequilibrada são fatores que isoladamente ou juntos contribuem para um sistema de defesa enfraquecido.
Além disso, não tem como pensarmos em imunidade sem falar do papel importantíssimo do nosso intestino e da nossa microbiota, aqui falo mais sobre o assunto! 

Entendendo nosso Sistema de Defesa

O sistema imunológico tem como principal função proteger o nosso corpo. Podemos entende-ló como uma rede interativa entre nossos órgãos, células e proteínas que responsáveis por proteger nosso corpo contra vírus e bactérias ou quaisquer substâncias estranhas. O sistema imunológico trabalha para neutralizar e remover patógenos como bactérias, vírus, parasitas ou fungos que entram no corpo, além de reconhecem e neutralizam substâncias nocivas presentes no meio ambiente (poluição, por exemplo) e lutam contra as próprias células do corpo que sofrem alterações devido à uma doença.

Por outro lado, um sistema de defesa super estimulado, pode ser o ponto de partida para as chamadas Doenças Autoimunes. Normalmente, o sistema imunológico reage apenas à substâncias que considera estranhas ou perigosas e não aos antígenos dos próprios tecidos da pessoa. No entanto, às vezes o sistema imunológico funciona de forma incorreta, considerando os próprios tecidos do organismo como elementos estranhos e produzindo anticorpos ou células imunológicas que vigiam e atacam determinadas células ou tecidos do organismo. Esta resposta é denominada reação autoimune que resulta em inflamação e dano tecidual.

As doenças autoimunes registraram um aumento alarmante em todo o mundo desde o final da Segunda Guerra Mundial, com mais de 80 doenças autoimunes conhecidas e aumentos na incidência e na prevalência dessas condições. Entre as mais comuns estão: doença de Graves, artrite reumatoide, tireoidite de Hashimoto, diabetes mellitus tipo 1, lúpus eritematoso sistêmico (lúpus) e vasculite.

Um sistema imunológico enfraquecido pode ser percebido quando as gripes passam a fazer parte da rotina, falta de energia, candidíase de repetição..e por aí vai! Vou dividir com vocês algumas dicas de ouro para fortalecer de maneira natural nosso sistema de defesa!

Alternativas para Sistema Imune 

  1. Atenção especial para hidratação para ajudar eliminar bactérias e virus do nosso sistema! Da-lhe água! ⁣⁣
  2. Alimentação: capriche em gengibre, bastante alho e cebola (ambos são maravilhosos para imunidade devido às suas propriedades anti-inflamatórias e antibactericidas), além de priorizar alimentos mais fáceis de digerir (mais cozidos, sopas, chás, caldos e etc). ⁣
  3. Cuidado com restrições alimentares pois podem suprimir o seu sistema imunológico! 
  4. Mel cru e chá de gengibre são um bom combo! ⁣ 
  5. Caprichar no consumo de Vitamina C (limonada, laranja, acerola, kiwi) e suplementação fracionada ao dia pode ser uma opção também! 
  6. Incluir Shots na rotina! Aqui fiz um post com 05 sugestões e falo mais sobre o assunto!
  7. Suplementos e fitoterápicos:
    1. Enchinacea em tintura ou chá;
    2. Extrato de própolis. De 2 a 4 vezes ao dia, 10 a 15 gotas caso sinta que esteja gripando. E sugiro o consumo de 01 vez ao dia de maneira preventiva. ⁣
    3. Elderberry (suco, gummies ou cápsula), ajuda a atacar vírus e inflamação nos brônquios;
    4. Zinco ajuda contra vírus e na imunidade. Durante a gripe, sugiro doses mais fortes: 50 mg dia
    5. Vitamina D: doses variam de acordo com os exames atuais, mas estudos mostram associação com melhora do sistema fisiológico e infecções respiratórias. Doses podem variar de 1000UI a 10000 por dia, dependendo do caso. 
  8. Óleos essenciais: peppermint e frankincense! ⁣

*Espero que as dicas e sugestões ajudem! Lembrando que esse post não substitui consulta ou orientações médicas. E é sempre importante conversar com seu médico caso os sintomas persistam e as doses de suplementos muitas vezes variam de acordo com peso e sintomas de cada paciente!

No Comments Yet.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *